o que fazer quando sua família não se dá bem

O que fazer quando sua família não se dá bem?  Entenda como lidar

upbet

A família é uma das instituições mais importantes na vida de uma pessoa. É um grupo de pessoas unidas por laços sanguíneos, afetivos ou legais, que compartilham uma história, valores e tradições. No entanto, nem sempre as relações familiares são harmoniosas e muitas vezes as diferenças podem causar conflitos e desentendimentos.

Lidar com conflitos familiares pode ser um desafio, especialmente quando as diferenças são profundas e as emoções estão envolvidas. É importante encontrar maneiras de lidar com esses problemas e construir relacionamentos saudáveis com sua família, mesmo quando as coisas parecem impossíveis.

Nesta era em que as famílias são cada vez mais diversas, é fundamental compreender que existem várias formas de lidar com conflitos familiares e encontrar a solução que melhor se adapte à sua situação. Existem algumas estratégias úteis para ajudar a lidar com esses conflitos e, com o tempo e o esforço, é possível melhorar os relacionamentos e encontrar a paz e a harmonia em sua vida familiar.

Família não é sobre laço sanguíneo

A primeira coisa a se entender, é que a sua família não é obrigatoriamente às pessoas com laço sanguíneo com você. A verdade é que a família é uma instituição muito mais ampla e complexa do que apenas os laços biológicos.

As famílias modernas são formadas por diversos tipos de relações e configurações familiares, incluindo famílias monoparentais, famílias reconstituídas, famílias adotivas, entre outras. Essas famílias podem ser formadas por pais, irmãos, avós, tios, primos, amigos e até mesmo animais de estimação.

Além disso, as relações familiares não são baseadas apenas em laços biológicos. Muitas vezes, as pessoas constroem vínculos fortes e duradouros com amigos, colegas de trabalho ou vizinhos, que podem se tornar parte da família de uma pessoa.

O mais importante sobre a família é o amor, o respeito e o compromisso que as pessoas têm umas com as outras. Laços de afeto, cuidado e proteção são essenciais para construir uma família saudável, independente da sua configuração ou dos laços biológicos que a definem.

Então tudo bem se você não considera alguém que tem um laço sanguíneo com você, parte da sua família, ser família pode ser muito mais que isso.

Evitar conflito

Evitar conflitos pode ser fundamental para a saúde mental das pessoas que têm problemas com a família. O convívio com conflitos familiares pode gerar grande estresse e desgaste emocional, afetando negativamente o bem-estar e a saúde mental das pessoas envolvidas.

Quando há conflitos familiares, pode haver sentimentos de mágoa, raiva, ressentimento e frustração que, se não forem gerenciados adequadamente, podem levar a problemas de saúde mental, como ansiedade, depressão e estresse crônico. Além disso, o estresse e a tensão emocional causados por conflitos familiares podem afetar o sistema imunológico, aumentando o risco de problemas de saúde física.

Por isso, evitar conflitos pode ser uma forma de cuidar da saúde mental e física. Ao evitar conflitos, as pessoas podem diminuir a quantidade de estresse e tensão emocional em suas vidas, o que pode contribuir para um melhor estado de ânimo, melhor qualidade de sono e até mesmo para uma melhor saúde física.

Mandar indireta para família falsa pode parecer uma boa ideia na hora da raiva, mas só vai gerar mais oportunidade para que os conflitos se estendam, fazendo mal para todos. 

Dicas para lidar da melhor forma possível

Lidar com uma família problemática pode ser estressante, mas existem algumas técnicas que podem ajudar a reduzir o estresse e manter a saúde emocional. Algumas dessas técnicas são:

  1. Pratique a auto-observação: ao se sentir estressado, pare e observe como seu corpo está reagindo. Perceba se há tensão muscular, respiração acelerada ou outros sinais de estresse. Ao se tornar mais consciente desses sinais, você pode começar a controlar a sua resposta emocional ao estresse.
  2. Respire profundamente: respirar profundamente é uma técnica eficaz para reduzir o estresse. Tente inspirar pelo nariz por quatro segundos, segurar a respiração por dois segundos e expirar pela boca por seis segundos. Repita esse processo algumas vezes até se sentir mais relaxado.
  3. Estabeleça limites saudáveis: é importante estabelecer limites saudáveis com a família problemática, especialmente se eles estão causando estresse em sua vida. Isso pode incluir limitar o tempo de convivência, não se envolver em discussões ou escolher não participar de eventos familiares que você sabe que serão estressantes.
  4. Pratique atividades que reduzem o estresse: faça atividades que ajudem a reduzir o estresse, como yoga, meditação, caminhadas ao ar livre, leitura ou qualquer outra atividade que lhe traga a sensação de relaxamento e bem-estar.
  5. Procure apoio: busque o apoio de amigos, familiares ou um profissional de saúde mental. Ter alguém com quem conversar pode ajudá-lo a lidar com o estresse e obter novas perspectivas sobre a situação.

Considerações finais

Em conclusão, lidar com problemas familiares pode ser um desafio para muitas pessoas. No entanto, é importante lembrar que a família nem sempre é sinônimo de laços sanguíneos, e que existem muitas outras formas de se construir uma rede de apoio e amor, seja com amigos, parceiros, comunidades religiosas ou grupos de interesse.

Gostou do conteúdo do Blog Info Útil? Foi útil para você? Então não esqueça de compartilhar com seus amigos em suas redes sociais. Gostaria de sugerir alguma pauta ao nosso blog ou entrar em contato para finalidade comercial? Deixe uma mensagem para nós clicando aqui.

Imagem de svklimkin por Pixabay

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *